olm3.jpg
Pequenas esculturas Olmecas de figuras femininas usando espelhos no peito.
A direita, embaixo, espelho Olmeca divergente de uns 5 cm de largura e que
permite ver o rosto de uma pessoa (página seguinte).
.
Não é um assunto simples dizer como teria começado a óptica.  As sombras são, sem dúvida, o tipo de imagem mais primitivo.  A luz, é a energia que sempre manteve a vida na terra (sabe-se depouquisimos seres vivos que podem viver sem a luz, ou sem se alimentar de outros que necessitam dela). Os primeiros movimentos (p.ex. vegetais) na procura de posições mais iluminadas talvez seria o começo.

 
Quais são os documentos que mostram o trabalho do homem por criar instrumentos ópticos?
Fala-se dos espelhos chineses, que considero metálicos e portanto não muito lisos, com menos qualidade, e não conheço documentos que assegurem sua antiguidade. Também, se diz dos gregos antigos e dos árabes, que já teriam tratados sobre a luz.
Reivindico aos espelhos americanos, que seriam mais antigos pois teriam surgido ha 4.000 anos, e que os Olmecas aprimoraram ha 3.000 anos, dando à superficie todo tipo de curvaturas e criando as imagens de maior qualidade de seu tempo. Temos também espelhos na América do Sul, os Cupisniques faziam espelhos de pedra porém planos: "Óptica Pre-colombina del Perú" 

Eles são feitos de minério de ferro, se quiser saber mais, leia meus artigos:

-On the Quality and Utilization of Olmec Mirrors”, J.J. Lunazzi,  in Proc. of  the II Reunión  Iberoamericana  de Óptica, Guanajuato, Mexico, 24-27.09.95,  SPIE V 2730 p.2-7.

Olmec Mirrors: an Example of archaeological American mirrors”, J.J. Lunazzi, chapter 22 of the book  “Trends in Optics” V3  published by the International Commisssion for Optics - ICO, Ed. Anna  Consortini, Ac.  Press. 1996, p411-421, including a color picture. ISBN 0-12-186030-2

Já saiu a venda o primeiro livro sobre espelhos arqueológicos. Onde escrevi um capítulo sobre como os espelhos teriam sido utilizados. Em inglês.

Veja mais sobre o livro e meu capítulo

Ele está disponível na rede graças ao Google Books!

e suas referências:

1. Fung Pineda, R. (1987), “The Late Pre-ceramic and Initial Period”, in: R.W. Keatinge ed. “Peruvian Prehistory”, Cambridge University Press, 67-98,.

2. Burger, R.L. (1984), “The Prehistoric Occupation  of Chavin de Huántar, Peru”, Univ. of California Publications in Anthropology, V. 14. University of California Press, Berkeley, 203-204.

3. Nordeskiold, E. (1926), “Mirroirs convexes et concaves en Amérique”, Journal de la Societé des Americanistes de Paris, n.s. tome XVIII, Paris,  102-110.

4. Carlson, J.B. (1981), The University of Maryland: "Olmec Concave Iron Ore Mirrors: The Aesthetic of a Litic Technology and the Lord of the Mirror", Dumbarton Oaks Conference on the Olmecs, Dumbarton Oaks, Washington, 117-147.

5. Lunazzi, J.J.(1995),“On the quality of the Olmec mirrors and its utilization”, Proc. of the II Reunión Iberoamericana de Óptica, Guanajuato - GTO, Mexico, 18-22.09.95, to be published by SPIE.

6. Fuentes, C. (1992), "El espejo enterrado", Fondo de Cultura Económica, Mexico.

7. Taube, K.A. (1993), University of California at Riverside: "The Iconography of Mirrors at Teotihuacan" in "Art, Ideology and the City of Teotihuacan", J.C. Berlo ed., 169-204, Dumbarton Oaks Research Library and Collection, Washington.

8. Saunders, N.J. (1988), "Chatoyer, Anthropological Reflections on Archaeological Mirrors", in "Recent Studies in Pre-Columbian Archaeology" Vol. I, N.J. Saunders, O. de Montmollin editors, I-39, BAR International Series 313, Oxford, 1-37.

9. de la Vega, Garcilaso (1550?), "Libro Sexto de los Comentários Reales de los Incas", ch. XXII.

10. Gullberg, J.E. (1959), "Technical Notes on Concave Mirrors" in Excavations at La Venta, Tabasco, 1955, Smithsonian Institution Bureau of American Ethnology, Bulletin 170, United States Government Printing Office, Washington, USA, 280-283 and pl.62.

11.  Craig, Vaughan, (1981), "Ore Microscopy and ore petrography", J. Wiley and Sons,.

12. Heizer, R.F., Gullberg, J.E.(1981), University of California, Berkeley,  in "Concave Mirrors from the Site of La Venta, Tabasco: Their Occurrence,   Mineralogy, Optical Description, and Function", Dumbarton Oaks Conference on the Olmecs, Dumbarton Oaks, Washington, 109-116.
 

Em 2007: "Espejos precolombinos del Perú", Revista Cubana de Física, V. 24, N2, 2007, p.170 http://www.fisica.uh.cu/biblioteca/revcubfi/2007/vol24-No.2/rcf-2422007-170.PDF http://arxiv.org/abs/physics/0702024

Vai a página seguinte, sobre espelhos olmecas.